terça-feira, 3 de fevereiro de 2009

Neste tempo


Este tempo, em que as nuvens choram, o céu se une e tudo adquire tons cinzentos, deixa-me nostálgica.
Tenho vontade de romper pelas ruas, dar asas à rebeldia que nem sei se tenho, e correr em direcção ao mar. O mar, que me conforta e me embala nos dias em que o meu céu se enche de relâmpagos e trovões, e se emaranha por nuvens densas de preocupação.
Não tenho frio, a chuva não me afecta, o vento ajuda a expulsar todas as minhas preocupações por breves instantes.
Sou só eu, e o mar. E tu, claro. Sempre tu...
Neste tempo, em que as nuvens choram, aqueço-me com a memória do fogo que se incendeia quando os teus lábios tocam nos meus. Conforto-me com a recordação dos teus carinhos, do teu toque no meu corpo, que te pertence por inteiro. Alegro-me, como uma criança a quem lhe dão um doce, com a visão dos teus olhos a olhar nos meus, brilhantes de alegria, que me prendem e me fazem esquecer de tudo ao redor.
Neste tempo, deixo-me assim, sossegada, a sentir as ondas banharem as minhas pernas, a contemplar o horizonte e a pensar em ti. Não, desculpa, em nós.

Neste tempo, em que as nuvens choram...
Choram, porque não estás aqui.

@Peregrina

51 comentários:

Fa menor disse...

Sublime!

Os dias cinzentos trazem sempre nostalgia... as recordações afloram mais intensamente!

**

Branca disse...

Bonito texto...
Fico bem nostálgica em dias assim, as lembranças vem de forma intensa, a saudade aperta...

Miguel disse...

gosto da sua veia poética...

Ninja! disse...

Excelente! =)

Sonia Schmorantz disse...

Flores para você

Para você enfeitar o seu dia,

lhe trazer mais alegria

mais paz a cada minuto.

Flores

Para você pensar na vida com mais carinho,

e não se esquecer que por você

carrego o sentimento mais sublime:

A amizade!

Patricia Daniela ♥ disse...

muito bom, mesmo!

UMA PAGINA PARA DOIS disse...

não quero partir
porque não há chegada,
a ponte do sonho caiu,
sem margens
a minha rota
atravessa o suor
de gaivotas poisando,
pétalas de sorrisos
sugam-me os lábios
salpicando o meu rosto,
és uma flor ?
pergunta-me o vento,
não, não sou nada,
quero ser o mar
simplesmente,

poetaeusou


Uma bela semana pra você...
Abraços

bruxamarytsha disse...

Saudade e amor nesse belo texto, lindo, beijocas

Robin K disse...

Muito bonito. Tocou-me...

Recordou-me um texto que escrevi há muitos e o qual já sei que vou tentar encontrar durante toda a noite.

Beijos

manzas disse...

Descobri…
Um banco do jardim
Que me segredou
Em poesia…
Aromas que aqui
Encontrou
De paz
E de harmonia...

É bom estar aqui...

O eterno abraço…

-Manzas-

Pelos caminhos da vida. disse...

Belo texto!

Tem selinho da "Proximidade" la para vc.

beijooo.

Princesa disse...

Adorei...e concordo que este tempo me deixa nostálgica!

Um beijo

Princesa disse...

Adorei...e concordo que este tempo me deixa nostálgica!

Um beijo

Kah disse...

" Neste tempo, deixo-me assim, sossegada, a sentir as ondas banharem as minhas pernas, a contemplar o horizonte e a pensar em ti. Não, desculpa, em nós."

Estou exatamente dessa forma, ogradeço a visita no meu blog e pelo presente de poder te ler.

Beijo.

Andreia disse...

E que as recordações façam sempre sorrir.

Obrigado pela visita

Beijinho*

'stracciatella disse...

Gostei tanto! É, este tempo deixa.nos reflexivos. *

Isa disse...

Força
É tudo o quanto te desejo, por vezes ficamos assim.
Porque é que tão dificil viver sem a pessoa que amamos.

Um beijo

Pedro Barata disse...

Lindíssimo...
Beijocas

Ana Monteiro disse...

Esses momentos são saudáveis!

Bloguótico disse...

Bom de ler! ;)

Ah, as nuvens já não precisam de chorar... já estou aki! lol

Isa disse...

Que lindo...*

Saltos Altos Vermelhos disse...

fantástico!!!!!!!

Zabour disse...

:O)

Beijinho

Sininho disse...

:) Muito bonito...:) bj

★ Aralis ★ disse...

Adorei!
Como sempre um texto impecável.

Palavras que falam ao coração, a saudade faz-nos escrever assim....

jokitas

Carla disse...

Obrigada pela visita que me permitiu descobrir este teu belo espaço
sabes também me sinto assim nestes dias cinzentos, plena de nostalgia que por vezes também me conduz ao meu tão amado mar
beijos

Lêda Maria disse...

É tão bão lembrar de quem se ama!!!

Lindo texto

Ah,passa no meu blog que tem um selo da proximidade pra vc.

pinguim disse...

imagem linda, música linda, texto lindo... tudo magico :D *

Pelos caminhos da vida. disse...

Texto tocante amiga!

O que vc acha de ganhar mais um selinho?
Já esta la te esperando.

beijooo.

Salto-Alto disse...

Que texto lindo querida!

mary disse...

"Este tempo, em que as nuvens choram, o céu se une e tudo adquire tons cinzentos, deixa-me nostálgica."

numa frase é possivel descrever tanto, e tantos...
gostei ...
(acrescentei-te aos meus another ones para poder vir aqui mais vezes :) )

Fa menor disse...

Convido-te a visitar este início de voo:
http://escritariscada.blogspot.com

Beijinhos

Nilson Barcelli disse...

Fiquei a saber por que tem chovido tanto... e a culpada és tu...
Belo texto cara amiga. Gosto da tua narrativa, sempre agradável de ler enquanto se percorrem os teus sonhos e anseios na "memória do fogo que se incendeia...".
Bom fim de semana para ti.
Beijo.

susana catarino disse...

Belo texto:)

obrigada pela visita! volta smp q quiseres;)

manzas disse...

Lá fora chove o calado momento
Que repassa na alma, ansiedades…
Saltam inquietas chamas de dentro
Do meu peito, alagadas saudades

Um fim-de-semana ensopado
De paz e harmonia…
De coração ornamentado
De muita alegria

O eterno abraço…

-Manzas-

Robin K disse...

Rapidamente fico com saudades de coisas novas neste blog.

Philip Rangel disse...

Andei pelo blogs que leem o meu..e achei vc....vim conferir e vi um alto conteudo....muito bom encontra blogs amigos novos que demonstrem conteudo...

o Entrando Numa Fria te parabeniza...

abraços

Fernanda disse...

ha..esse tempo...
é o unico capaz de trazer de volta aquilo que ficou pra trás.

Filipa <3 disse...

chuva, vento, nuvens escuras...
esse tempo faz-me pensar.

Sonia Schmorantz disse...

A palavra mágica
dorme na sombra
de um livro raro.
Como desencantá-la?
É a senha da vida
a senha do mundo.
Vou procurá-la.
Vou procurá-la a vida inteira
no mundo todo.
Se tarda o encontro, se não a encontro,
não desanimo,
procuro sempre.
Procuro sempre, e minha procura
ficará sendo
minha palavra.

Carlos Drummond

Lindo domingo!
abraços

Tecnenfermaginando disse...

lindo demais!

Tatiana disse...

Lindo!
Vim também para lhe desejar um belo Domingo!
Que seja muito...mas muito especial o seu dia!

Um abraço carinhoso

Alguém disse...

Lindíssimo texto! E a tranquilidade que o mar traz é...indescritível :)

beijinho

Princesa disse...

Tem um selo para si no meu blog.
Passe por lá.

Bom Domingo!!!

Robin K disse...

Tens uma surpresa no meu blog….


Robin K

elvira carvalho disse...

Quanta saudade, neste lamento de amor...
Um abraço e uma boa semana

Soph!a ღ disse...

Desculpa a demora..Já rsp ao teu desafio... ;) obrigada

Bruno Fehr disse...

Vale a pena elogiar? Acho que sabes o que escreveste. Gostei.

Amiga do Cafa disse...

A saudade é um sentimento nostalgico, mas que também nos invade em uma lira, um desejo de ser mais. Um desejo de voar. Foi assim que fiquei ao ler seu texto.
A foto combina perfeitamente com o sentimento interior.
Grande abraço
Boa semana

AugustoMaio disse...

Muito bonito

freefun0616 disse...

酒店經紀人, 菲梵酒店經紀, 酒店經紀, 禮服酒店上班, 酒店小姐兼職, 便服酒店經紀, 酒店打工經紀, 制服酒店工作, 專業酒店經紀, 合法酒店經紀, 酒店暑假打工, 酒店寒假打工, 酒店經紀人, 菲梵酒店經紀, 酒店經紀, 禮服酒店上班, 酒店經紀人, 菲梵酒店經紀, 酒店經紀, 禮服酒店上班, 酒店小姐兼職, 便服酒店工作, 酒店打工經紀, 制服酒店經紀, 專業酒店經紀, 合法酒店經紀, 酒店暑假打工, 酒店寒假打工, 酒店經紀人, 菲梵酒店經紀, 酒店經紀, 禮服酒店上班, 酒店小姐兼職, 便服酒店工作, 酒店打工經紀, 制服酒店經紀, 酒店經紀, 菲 梵,酒店,